Começa o período para pedir redução na taxa do Vestibulinho

Prazo para solicitar o benefício para o processo seletivo das Etecs vai até as 15 horas do dia 15 

Fonte: Centro Paula Souza

Nesta sexta-feira (11), começa o período para solicitar a redução de 50% na taxa de inscrição do processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) para o primeiro semestre de 2020.  O pedido deve ser feito exclusivamente pela internet até as 15 horas do dia 15 de outubro. O valor integral da taxa é R$ 30.

Os interessados no benefício devem preencher o formulário disponível no site www.vestibulinhoetec.com.br. Após essa etapa, é preciso selecionar o link “Envio de Documentos”, na seção “Documentos Comprobatórios”, para encaminhar os documentos relacionados abaixo, digitalizados com o tamanho de até 500 kB, nas extensões pdf, png, jpg ou jpeg. O período de envio também começa no dia 11 e vai até as 15 horas da próxima terça-feira, 15.

O candidato que precisar de computador e acesso à internet para solicitar a redução da taxa do Vestibulinho, deve entrar em contato com a unidade para saber o horário de atendimento para esta finalidade.

A resposta ao pedido será divulgada no dia 29 de outubro somente pela internet.

Requisitos para redução da taxa

É preciso ser estudante regularmente matriculado em uma das séries do Ensino Fundamental ou Médio; no curso pré-vestibular ou no curso superior de graduação ou pós-graduação. O interessado deve, também, ter uma remuneração mensal inferior a dois salários mínimos (R$ 1.996) ou estar desempregado.

Documentos necessários: comprovante de escolaridade e de renda. Candidatos desempregados, autônomos e aposentados devem seguir as instruções descritas na portaria, disponível no site.

Vestibulinho – 1º semestre de 2020

A partir do resultado da solicitação da redução da taxa do Vestibulinho, no dia 29, o candidato que receber o benefício deve fazer sua inscrição para o processo seletivo, em um único curso na Etec de sua escolha, até as 15 horas do dia 12 de novembro

Outras informações pelos telefones (11) 3471-4071 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-772 2829 (demais localidades) e pela internet.