Governo de SP oferta mais de 14 mil vagas no programa Bolsa Trabalho na região de Campinas

Todas as prefeituras que aderirem ao programa poderão oferecer aos cidadãos bolsa-auxílio de R$ 540 por até cinco meses, além de curso de qualificação; Inscrições podem ser realizadas até o dia 29/04

Nesta segunda-feira (18), o Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, anunciou durante o Governo na Área, na cidade de Campinas, a abertura de inscrições para 14.442 vagas para as prefeituras que desejem aderir ao Programa Bolsa Trabalho em todo estado. Participaram da cerimônia, o Governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, e a Secretária Executiva, respondendo pelo expediente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Marina Bragante.

O Programa Bolsa Trabalho é desenvolvido pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Governo e realizado em parceria com municípios cadastrados no programa. As vagas que têm prioridade para mulheres, oferece uma bolsa-auxílio de R$ 540 para atividades de trabalho em órgãos públicos municipais e estaduais durante quatro horas diárias por cinco dias na semana. Além disso, os participantes passam por um curso de capacitação profissional.

Em janeiro deste ano, o Governo de SP anunciou 150 mil vagas para 2022 com prioridade para mulheres. Para a maior expansão do Bolsa Trabalho na história, foram investidos mais de R$ 415 milhões. Vale destacar que a participação feminina no Programa Bolsa Trabalho atingiu marca histórica: 94% das vagas na primeira etapa foram preenchidas por mulheres.

Para participar é necessário ser maior de 18 anos, residente do estado de São Paulo, desempregado e com renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa. Ao longo dos próximos meses serão lançadas mais inscrições para preenchimento de todas as vagas.

As prefeituras paulistas que estejam interessadas em participar da iniciativa e ainda não tenham se inscrito, devem efetivar a adesão ao programa pelo site www.bolsadopovo.sp.gov.br.

BANCO DO POVO

Na ocasião, foi realizado o autorizo para renovação do Banco do Povo em Jaguariúna e anúncio da Linha Nome Limpo na unidade do município.

O programa Nome Limpo teve liberação de R$ 100 milhões em créditos a juro zero do Banco do Povo para facilitar a regularização da situação de empresários negativados no período de pandemia da COVID-19 junto aos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

O crédito será destinado a pessoas jurídicas qualificadas como MEI (Microeemprendedor Individual), ME (Micro Empresa), Eireli (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) ou LTDA (sociedade limitada).

Sobre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico exerce um papel fundamental para a retomada do crescimento econômico do Estado para atrair investimentos, fomentar o empreendedorismo com foco na geração de emprego e renda e incentivar a inovação tecnológica. Além disso, oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais e futuras do mercado de trabalho. Entre os principais programas da pasta destacam-se o Bolsa Trabalho, Bolsa Empreendedor, IdeiaGov, Banco do Povo, Empreenda Rápido e Minha Chance.

No total, são 11 órgãos vinculados à secretaria como o Centro Paula Souza, Instituto de Pesquisas Tecnológicos (IPT), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Universidade de São Paulo.


Tags Relacionadas

Notícias
<< Anterior

IdeiaGov abre chamada para modelos de negócios com soluções relacionadas a Cidades Inteligentes, Sustentáveis e Humanas

Exporta SP oferece 150 vagas em capacitação gratuita para exportação