O Selo Paulista de Diversidade foi instituído pelo Governo do Estado de São Paulo com o objetivo de estimular as organizações públicas, privadas e da sociedade civil a inserir este assunto na sua gestão de recursos humanos.

Essa certificação faz parte das políticas de inserção no mercado de trabalho da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Tal política pública difunde o conceito que a força de trabalho diversificada, antes de ser vista como responsabilidade social ou exigência legal, deve ser vista como estratégia empresarial de sucesso em um mercado globalizado e em constante mudança.

Objetivo

Destacar boas práticas empresariais como ação estratégica pela igualdade de direitos e da cidadania. Essas boas práticas são relacionadas à inclusão na política de recursos humanos das empresas na discussão, preocupação e inclusão das temáticas das pessoas com deficiência, e às questões étnicas, raciais, de gênero, idade, orientação sexual e identidade de gênero, assim como para difundir a cultura de respeito, valorização e promoção da igualdade nos ambientes de trabalho.

Público-alvo

O Selo é concedido às organizações privadas e da sociedade civil que se comprometam ou já tenham ação envolvendo as temáticas que são objeto do programa.

Critérios para concessão e procedimentos

São duas categorias:

Selo Adesão – Para organizações privadas e da sociedade civis que possuam, em fase de estudo, desenvolvimento, implementação e avaliação, um plano de trabalho que expresse sua política de diversidade. Após a inscrição, devem encaminhar o projeto de implantação da diversidade, que será avaliado pela equipe do Selo e pelo Comitê Gestor do programa.

Selo Pleno – Para organizações privadas e da sociedade civis que estejam em níveis avançados nos planos de trabalho decorrentes de sua política da diversidade, podendo ou não possuir previamente o Selo na categoria Adesão. Os planos de trabalho e as ações das empresas passarão por processo de auditoria realizado por certificadoras homologadas pelo Estado. Após esta etapa, o relatório é submetido ao Comitê Gestor para deliberação e aprovação.

Peça o regulamento, verifique em que categoria sua empresa se enquadra e encaminhe uma mensagem se houver necessidade de maiores esclarecimentos.