14/01/2020

Fapesp firma acordo de colaboração com universidade dos Países Baixos

Parceria envolve projetos de cooperação científica em nove departamentos da Eindhoven University of Technology

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) anunciou a assinatura de memorando de entendimento para estimular a cooperação científica e tecnológica entre pesquisadores do Estado e da Eindhoven University of Technology (TU/e), dos Países Baixos, por meio do financiamento de projetos de pesquisa conjuntos. O anúncio foi realizado em dezembro de 2019.

“Esse é o segundo acordo de colaboração que temos com a Fapesp. O anterior, assinado em 2013, foi excelente. Os resultados foram muito positivos e, portanto, estendemos a colaboração para todos os nove departamentos da universidade neste segundo acordo”, explica à Agência Fapesp Laurent Nelissen, diretor de relações científicas internacionais da TU/e.

Os nove departamentos são: Engenharia Biomédica, Ambiente Construído, Engenharia Elétrica, Design Industrial, Engenharia Industrial e Ciências da Inovação, Engenharia Química e Química, Física Aplicada, Engenharia Mecânica, Matemática e Ciência da Computação.

“Um dos nossos focos é inovação, pois é uma área muito presente na nossa universidade”, completa Laurent Nelissen. O coordenador-adjunto para Programas Especiais e Colaborações em Pesquisa da Fapesp, Luiz Nunes de Oliveira, ressaltou a longa parceria que a fundação tem desenvolvido com instituições dos Países Baixos e, sobretudo, com a Organização Neerlandesa para a Pesquisa Científica (NWO).

“Essas parcerias e colaborações têm gerado bons resultados. Temos um portfólio parecido com o da Fapesp, com foco em programas para jovens pesquisadores, programas de inovação com o apoio de empresas, semelhantes ao Centros de Pesquisa em Engenharia desenvolvidos em São Paulo, assim como programas de apoio à inovação em pequenas empresas, caso do PIPE [Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas]”, afirma à Agência Fapesp.

Propostas

Fapesp e NWO têm lançado, em média, uma chamada de propostas conjunta por ano. Em 2019, foram lançadas duas: uma sobre envelhecimento saudável e outra para apoiar projetos de pesquisa sobre conversão de biomassa.

Também participaram da reunião Michiel Sweers, diretor-geral-adjunto para Empreendimentos e Inovação do Ministério de Assuntos Econômicos e Política Climática; Petra Smits, cônsul de Ciência, Tecnologia e Inovação do Reino dos Países Baixos no Brasil; é Win van den Doel, membro do Conselho Executivo da NWO.


Tags Relacionadas

Notícias
<< Anterior

Unesp: Cursinho pré-universitário tem inscrições abertas em Botucatu e São Manuel

Fatecs divulgam lista de convocados do Vestibular