Número de pessoas beneficiadas pelo Banco do Povo cresce 13% no primeiro quadrimestre de 2023, com mais de R$ 90 milhões em microcrédito

De janeiro à abril deste ano, o programa auxiliou mais de 5 mil empreendedores no Estado de São Paulo

ir para Número de pessoas beneficiadas pelo Banco do Povo cresce 13% no primeiro quadrimestre de 2023, com mais de R$ 90 milhões em microcrédito

Publicado em: 22 de maio de 2023

“O crédito me ajudou muito a comprar novos materiais para investir no meu negócio”. Assim define o empreendedor Jair Rodrigues Barbosa, morador da zona leste da capital, que buscou o Banco do Povo (BP), programa do Governo do Estado de São Paulo, para ter acesso a microcrédito a custo abaixo do mercado e alavancar sua empresa no segmento de vasos aquáticos para plantas.

De janeiro a abril deste ano, o programa coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico auxiliou 5,4 mil empreendedores no Estado, um montante que supera R$ 90 milhões. No mesmo quadrimestre de 2022, foram disponibilizados R$ 79,5 milhões para 4,7 micro e pequenos empreendedores, ou seja, um aumento de 13% no período. Além de contribuir nos negócios locais, o programa gera renda e emprego nas regiões paulistas, de acordo com cada segmento de negócio.

O programa oferece financiamentos para empreendedores formais ou informais, para capital de giro e investimento fixo. Para se ter uma ideia, a taxa de juros em bancos tradicionais pode variar de 3% a 10%, enquanto no Banco do Povo, há linhas que vão de 0,35% até 1%.

No caso de Barbosa, o recurso foi utilizado para ampliar a produção da sua empresa: “Acho um programa muito bom e importante para o pequeno e microempreendedor, ele auxilia no negócio local para quem busca a sua independência”, disse. Estou há 18 anos no ramo de artesanato com vasos e o Banco do Povo me ajudou três vezes, sendo a mais recente em abril deste ano. Eu sempre indico o programa para outras pessoas por possuir juros baixos e ser uma ótima ajuda para quem está começando”.

Como ter acesso ao benefício?

Para ter acesso ao microcrédito oferecido pelo Banco do Povo, os empreendedores formais ou informais deverão exercer uma atividade produtiva e não pode ter restrição no SERASA ou no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais (CADIN). O empreendedor informal deverá apresentar também um avalista terceiro.

Há linhas de crédito com diferentes condições e os valores podem chegar a até R$ 21 mil. Além do recurso, há cursos de capacitação empreendedora disponibilizados aos interessados para que eles possam aprender ou se aperfeiçoar na gestão de seu negócio.


Tags Relacionadas

Notícias
<< Anterior

Estudante: saiba como se cadastrar no Programa Jovem Aprendiz Paulista

Empresário: saiba como se cadastrar no Programa Jovem Aprendiz Paulista