26/04/2021

JUCESP e Sebrae-SP anunciam parceria para melhorar processos ao empreendedorismo

Fonte: Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP)

A Junta Comercial do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o Sebrae-SP anunciaram nesta sexta-feira (23), uma parceria para melhorar a plataforma eletrônica ‘Balcão Único’, implantada em janeiro deste ano para integrar e facilitar a abertura e legalização de empresas. O aporte de recursos de R$ 7 milhões será destinado para investimentos na digitalização de dois projetos da JUCESP.

Em uma das ações resultantes desta cooperação entre as entidades será permitir a análise automática das solicitações de viabilidade municipal no sistema Balcão Único que será disponibilizado aos municípios paulistas e também desenvolver o Banco de Dados Mestre que irá coletar e agregar todos os dados obtidos no momento da constituição da empresa, consolidando e distribuindo-os no sistema para garantir a consistência e o controle nas futuras manutenções e uso das informações.

“O empreendedorismo é a atividade prioritária dentro da geração de emprego e renda no estado de São Paulo. E esta união Sebrae-JUCESP vai contribuir para que desenvolvamos as ferramentas de serviços aos usuários para melhorar ainda mais o ambiente de negócios dando mais agilidade aos processos”, ressaltou o presidente da Junta, Walter Ihoshi.

O Superintendente do SEBRAE SP, Wilson Poit, afirmou também: “Estamos muito felizes em levar o excelente resultado do Balcão Único para os municípios paulistas e apoiar a JUCESP em novos sistemas que permitam a desburocratização de  processos e, assim, facilitar a vida dos empreendedores”.

Sobre o Balcão Único

A plataforma eletrônica ‘Balcão Único’ é uma ferramenta desenvolvida pela JUCESP em parceria com os governos federal, estadual e municipal para integrar todos os sistemas para abertura de empresas, tornando o fluxo mais seguro, transparente, simples e ágil. Nele, é possível abrir empresas dos tipos jurídicos: Empresário Individual (EI), Empresário Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) e Sociedade Limitada (LTDA) sem passar por etapas tradicionais e isento do pagamento de tarifa. Tudo feito de forma automática.

Desde sua implantação, em 15 de janeiro, foram constituídas 3.630 empresas, sendo 71% destes processos deferidos de empresas do tipo jurídico Sociedade Limitada, com média de tempo para a abertura de 32 minutos e 2 segundos.


Tags Relacionadas

Notícias
<< Anterior

Governo de SP define funcionamento dos PATs nas fases vermelha, laranja e de transição do Plano SP

Governo de SP realiza primeira reunião com os novos membros do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (CONCITE)