Faculdade de Medicina de Marília – Famema

A Faculdade de Medicina de Marília (Famema) foi criada em 1966, inicialmente como instituição pública municipal. A partir de 1994, tornou-se uma autarquia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo.

A instituição oferece cursos de graduação de Medicina e Enfermagem, além de pós-graduação com destaque para os programas de Mestrado Acadêmico em “Saúde e Envelhecimento” – com conceito 4 pela CAPES – e Mestrado Profissional em “Ensino em Saúde”, de Residência Médica em 29 especialidades e de Residência Multiprofissional em Saúde nas áreas: Materno Infantil, Urgência, Saúde Coletiva, Saúde Mental e Atenção Cirúrgica Especializada.

A faculdade se caracteriza pelo emprego do método Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP), pelo qual o aluno é levado à prática médica desde o primeiro ano do curso. Os conteúdos são abordados em unidades, divididas em pequenos grupos, e mediadas pelo tutor.

A Famema é uma Instituição formada por duas Fundações – FUMES – Fundação Municipal de Ensino Superior de Marília e pela FAMAR – Fundação de Apoio à Faculdade de Medicina de Marília e ao HCFAMEMA.

A instituição administra, também, o Hospital das Clínicas local, referência por atender uma população de cerca de 1,2 milhão de habitantes espalhados por 62 municípios. Procedimentos de média e alta complexidade são realizados no hospital, que conta com pronto-socorro.

Desde a sua criação, a faculdade formou 3.584 médicos e 1.111 enfermeiros. A Famema tem 170 docentes e 83 assistentes de ensino, entre especialistas, mestres, doutores, pós-doutores e livre-docente.

Diretor Geral: Prof. Dr. Valdeir Fagundes de Queiroz