Governo de SP inaugura Polo de Empregabilidade Inclusiva na região central da Capital

Iniciativa do programa Meu Emprego – Trabalho Inclusivo busca a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho e oferece cursos de qualificação profissional

Nesta quarta-feira (18), a Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patricia Ellen, e a Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, inauguraram o primeiro Polo de Empregabilidade Inclusiva (PEI) da região central da Capital, na Rua Boa Vista. O primeiro local fica dentro do Centro de Tecnologia e Inovação – CTI, situado na rodovia dos Imigrantes, km 11,5.

 “Com o trabalho mais integrado entre as secretarias, estamos criando uma forma efetiva para incluir as pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O nosso objetivo é que todos os paulistas tenham oportunidades de emprego e qualificação, através deste programa que é a maior iniciativa de inclusão no Estado de São Paulo”, disse a secretária Patricia Ellen.

O PEI integra o programa Meu Emprego – Trabalho Inclusivo, lançado em setembro deste ano, que tem como objetivo promover o desenvolvimento profissional, a inclusão e a permanência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, e oferecer cursos de qualificação técnica e empreendedora. Além disso, o PEI ainda dá suporte às equipes de Recursos Humanos das empresas para a inserção destes profissionais no ambiente corporativo.

“A marca deste governo é pensar em São Paulo e nas pessoas com deficiência. Este programa é um presente para nós. Vamos seguir incluindo todos e, o mais importante, realizando ações concretas no Estado”, afirmou a secretária Célia Leão.

As informações sobre o programa podem ser consultadas por meio do site www.trabalhoinclusivo.sp.gov.br. O Trabalho Inclusivo faz parte do programa Meu Emprego, lançado em junho deste ano, que integra todos os cursos gratuitos de qualificação profissional oferecidos pelo Governo de São Paulo.

Ações

O programa Meu Emprego – Trabalho Inclusivo está ancorado em 6 ações:

– Qualificação profissional e empreendedora: O Centro Paula Souza e o Sebrae oferecem cursos de qualificação profissional e empreendedora compatíveis com cada tipo de deficiência, com dois módulos: técnico e empreendedor.

– Intermediação de mão de obra: Os Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT) e os Polos de Empregabilidade Inclusiva (PEI) recebem as vagas de emprego das empresas e disponibilizam as oportunidades aos candidatos. Ainda realizam emissão de carteira de trabalho e habilitação do seguro-desemprego.

– Busca ativa: Com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social e de Justiça, o governo estadual realiza uma busca ativa na captação de candidatos. Ainda em 2019, o objetivo é aumentar a taxa de ocupação das vagas cadastradas (estimativa de 5 mil colocados no mercado de trabalho).

– Habilidade profissional: Realização de avaliações médicas e de funcionalidades para análise específica das habilidades do candidato, recomendando as melhores funções e trabalhos de acordo com suas aptidões. Neste ano, o objetivo é realizar um piloto para avaliações de pessoas com deficiência no IMESC e HC-SP.

– Emprego apoiado: Apoia e acompanha a inclusão do candidato para aumentar a taxa de permanência e desenvolvimento profissional da pessoa com deficiência no mercado de trabalho. O Emprego Apoiado também oferece suporte às equipes de Recursos Humanos das empresas. É realizado nos Polos de Empregabilidade Inclusiva (PEI), desenvolvido pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. No momento, o serviço está disponível na Capital e Região Metropolitana de São Paulo.

– Entrevista profissional: A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, através dos Polos de Empregabilidade Inclusiva, orienta os candidatos ao mercado de trabalho e faz entrevistas individuais para o mapeamento das habilidades e perfis profissionais. No momento, o serviço é realizado na Capital e Região Metropolitana de São Paulo.

Parceria

A iniciativa do Meu Emprego – Trabalho Inclusivo é realizada em parceria com seis secretarias: Desenvolvimento Econômico, Direitos da Pessoa com Deficiência, Desenvolvimento Social, Saúde, Educação e Justiça. Além

disso, o programa tem a participação do CPS, Sebrae, Hospital das Clínicas e Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc).

 

SERVIÇO

Polo de Empregabilidade Inclusiva – Boa Vista

Horário de atendimento: Segunda a Sexta, das 09h às 17h

Endereço: Rua Boa Vista, 170 – Mezanino, Centro – São Paulo/SP

Mais informações: www.trabalhoinclusivo.com.br